Xeg - Quando Escrevo Lyrics

A B C D E F J H I G K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Lyrics Directory>> X>> Xeg Singer Lyrics>> Quando Escrevo Song Lyrics
Artist: Xeg
Song Title: Quando Escrevo
Visits: 1085
Print Version


Quando eu escrevo o complicado, torna-se simples
O dificil parece facil, os versos ganham requintes
Pessoais, sao transmitidos aos ouvintes que me dao forca ou nao
Para passar ao verso seguinte
Entao, entro em sintonia, encontro o meu conforto
Como se a caneta e o papel fizessem parte do meu corpo
Sistema nervoso e sanguineo em comum
?s vezes chego a pensar, que somos apenas um
Rimo na lingua dum povo, dum povo que ? poeta
Eu rimo em portugues porque ? uma lingua completa
Entao uso o meu conhecimento e todo o meu vocabulario
Com as 26 letras do nosso abecedario
Na cabeca um dicionario, dicc?es sobre bases
Letras fazem palavras e palavras fazem frases
Estas dao versos, dois versos ? uma rima
Duas rimas ? uma quadra, ? o poder das palavras
Imagina a mulher que amavas e hoje amas ainda mais
O que eram problemas, hoje sao quest?es banais
Respeito esta cultura como s? respeito os meus pais
Cantando e rimando e produzindo instrumentais
Quando eu escrevo, torna-se pequeno o universo
Olho para dentro, comigo pr?prio converso
Uns divulgam o banal, eu faco o inverso
Viver ? o objectivo, rimar ? o processo
Muito mais que entretenimento ? a sua versao ludica
Paz ? o que quero transmitir a quem ouve a minha musica
E a paz comeca em ti, em respeitares o teu parceiro
Se queres mudar o mundo entao muda-te a ti primeiro

Refrao:
Porque eu pego numa caneta e numa folha de papel
E ando atras da verdade como a abelha atras do mel
Digo o que quero, liberto os meus nervos
E ? isso que eu sinto, ? isso que eu sinto quando escrevo

Com beat ou sem beat, com ou sem apoio
Na casa, no trabalho, na escola ou no comboio
Rimas sao muitas mas cada uma, ? dita e escrita como se fosse a ultima
Primeiro eu pr?prio e toda a minha vivencia
O que eu passei, o que eu passo e toda a minha experiencia
Public Enemy e Gangstar foram as minhas influencias
Mas agora apenas conto com a minha consciencia
Desenvolvida e escrita de tardes e ins?nias
Xeg no microfone, sou mestre de cerim?nia
Nao preciso de banda, nem orquestra sinf?nica
Tou infectado por esta merda como se fosse doenca cr?nica
E progressiva, tou cada vez pior ou cada vez melhor conforme a perspectiva
Voz activa, a teoria une-se ? pratica
Rimas saem....
E gasto tinta da minha esferografica,
Escrita nos cadernos ou no bloco de matematica
Cantando, rimando de uma maneira sistematica
Quando eu escrevo, a atmosfera torna-se apatica
Desmentindo da verdade mesmo quando esta ? dramatica
Que a forca nao esta, entre quem perde ou vence a briga
Mas em seres tu pr?prio, nao que a sociedade te obriga
Cago pr? que pensam em mim
Cago e prossigo e fico bem com o mundo mesmo que o mundo nao esteja bem comigo
Agora com ou sem metaforas, simples ou complicado,
Certo, cruzado ou entao emparelhado
Mant?m-te ligado porque eu mantenho-me fiel
Torno doce o que era amargo, torno d?cil o cruel

Refrao

Quando Escrevo Lyrics at Lyricstrue

E-Mail, IM, Text :
Websites & Blogs :
Forums :

Other Xeg song Lyrics
  • A minha filosofia
    "O importante ? que o que escreva hoje seja melhor que ontem
    Continuarei a esforcar-me mesmo que os outros nao notem
    Continuarei a caminhar mesmo que os outros se cortem
    Esta ? a minha opcao independentemente do que os outros optem..."
  • Conhecimento
    "Nao sei qual ? o deus que tu rezas
    Nem sobre o que manifestas
    Deixa o conhecimento entrar em ti
    Como o som de 1 orquestra..."
  • Intro
    "Olhas-me como se fosse o teu tudo
    Tu sonhas com a mudanca mas amas-me porque eu nao mudo
    Andas ? minha procura mas quando eu entro tu sais
    Esperas-me eternamente mas sabes que eu nao venho mais..."
  • Susana
    "Era sexta-feira a noite como tantas outras
    Fui girar com um s?cio para apanhar uma granda toca
    Deep Dish som de merda mas com damas bueda loucas
    Dois contos de entrada s? com sapato e boa roupa..."
  • Vaca de Merda
    "Agarradas s? aqueles que lhes podem dar alguma cena
    Fingimento e falsidade fazem-no sem problema
    Para todas essas putas cheias de truques e esquemas
    ? p?ra voces suas vacas que eu dedico este tema..."


  • Help make our music text archive better:
  • If you know some new information about Quando Escrevo, or other song from our site, that isnít already on song page, please let us know, Any refinement, news, or comment is appreciated.
  • If information about Quando Escrevo, or any song from moodpoint directory is wrong, please contact us and write where the incorrect data should be replaced by correct data.
  • if you know song lyric, that isnít already on moodpoint lyrics directory, please use "Add Lyrics" to submit it.

    You cannot find the text of a song?
  • Use "Find Lyrics" box on our site, try to use different artist or (and) song title(ex: Quando Escrevo) word forms.
    For example: Artist "Kane & Abel" can be found also by "Kane Abel" words.
  • If it has not helped, write us all information that you know about this song, we try to help you.


  • Home | | Privacy Policy | Add Lyrics |
    All lyrics are copyright of their respective owners. Copyright © 2007 moodpoint.com
    Home

    Privacy Policy
    Add Lyrics

    Top Songs
    Top Artists
    Top Albums

    Find Lyrics

    Other Artists
  • Xenia
  • Xenosaga
  • Xentrix
  • Ximena SarinAna
  • Xink
  • Xiren
  • X-Japan
  • X-Kameron
  • Xl
  • Xl5

    Other Lyrics
  • 8 Kept In The Dark - Xentrix
  • 9 Black Embrace - Xentrix
  • Come To Morrow - Xentrix
  • Reward - Xentrix
  • Cuento - Ximena SarinAna
  • Las Huellas - Ximena SarinAna
  • Manana No Es Hoy - Ximena SarinAna
  • Blitzkrieg Bop - Xink
  • Laat Me Vrij - Xink
  • Oh-Ho - Xink